Desvendando o Apple Developer Program

Apple Developer Logo

Quem nunca teve dúvidas sobre alguma coisa relacionada a publicação de aplicativos na Apple Store? Pois é… Hoje pretendo falar um pouco sobre onde TUDO começa, o Apple Developer Program…

Pois bem galera, saudade imensa de colocar conteúdo aqui no BLOG! Mas é o mesmo de sempre né pessoal, muito trabalho (graças a Deus) e muita correria! Mas porque não aproveitar esse tempo para organizar as ideias e compartilhar algumas experiências, certo?

E “vamo que vamo” falar um pouco sobre o Apple Developer Program, mas porque raios eu resolvi falar sobre isso? Pois é, nesse tempo complexo que estamos vivendo, trabalhei em, pelo menos, 6 projetos de software dos mais diversos tipos, desses, no mínimo 3 foram aplicativos, com começo, meio e fim nos últimos 60~90 dias (estou vendo autorização dos clientes para colocar alguns deles aqui) e uma dúvida recorrente são as burocracias da Apple que, muitas vezes são complicadas de entender e, muitas vezes, causam problemas futuros no caminho do projeto até a tão sonhada publicação na Apple Store.

Quem já tem o hábito de publicar aplicativos na loja e já “venceu” essa etapa da “criação” da Developer Account, pode pensar que essa é uma etapa onde nada de errado pode acontecer, mas acredite, muitos problemas começam aqui e claro, que eu pretendo escrever outro artigo falando especificamente sobre os famigerados Identifiers, Certificates, Provisioning Profiles, .p12, .pem, Private Keys, etc, etc, etc… Segura a ansiedade e vai acompanhando o blog…

Enfim, o Apple Developer Program

Como o próprio nome sugere, é o “programa” para desenvolvedores Apple, para facilitar o entendimento, vamos chamar de “comunidade” (privada, ok, mas não deixa de ser uma comunidade) que, uma vez membro, dentre muitas outras coisas, lhe permite disponibilizar/acessar consumidores para seus produtos (e serviços) proprietários de dispositivos Apple (iPhone, iPad, Mac, Apple Watch, Apple TV, etc) através da Apple Store e também na Safari Extensions Gallery. Importante lembrar que não pretendo abordar sobre Jailbreak e outras paradas ae, tá?

O que muitas pessoas não sabem é que os membros dessa “comunidade” também tem acesso a ferramentas de software beta e outras coisas mais que muitas vezes passam desapercebido diante de tanta complexidade de uso que muitas vezes nos fazem criar rejeição em usar serviços Apple.

Tanta rejeição que as vezes a Apple precisa usar “força bruta” para obrigar os aplicativos a utilizarem certos recursos, um exemplo mais recente é a regra: Se seu aplicativo possui logins com redes sociais e não tem o login com Apple Id, ele não será aprovado na loja (rs)… Mas vai integrar o tal login com Apple, UM INFERNO a documentação e, no fim das contas, é muito simples de implementar (aqui virá um link para um artigo nesse blog, mas não hoje, rs)

Os principais recursos que vão ser muito falados durante sua “vida” como membro desse “clube” são: Apple Store Connect, TestFlight, App Analytics e o Developer Console.

Não pretendo me aprofundar em nenhum deles nesse artigo, afinal a proposta hoje dar algumas dicas sobre o programa em si, para tornar nossa relação com esses “caras” menos truncada e um pouco mais feliz (se isso for possível)!

Você pode saber mais sobre o programa neste link.

“Enrolamento” ou Enroll!!!

Finalmente chegamos no ponto onde eu pretendo me aprofundar, o processo de “enrolamento”, na verdade é “Enroll”, inscrever-se, inscrição e similares… Mas na verdade é um verdadeiro pé no s!@$# que eu prefiro chamar de “enrolamento” mesmo.

Uma vez iniciado o processo (se quiser ir seguindo os passos do artigo junto com sua inscrição, você pode clicar aqui) na primeira etapa já tem uma pegadinha!

“Individual” ou “Organization”???

Quando se trata de Apple, principalmente do Developer Program, a primeira coisa que todo mundo fica sabendo é o PREÇO para ser membro do “clube” e, muitas vezes, você ouve a seguinte frase: Ah, para PESSOAS o Apple Developer Program é 99 dólares/ano e para EMPRESAS é 199 dólares/ano…

Fiz questão de destacar as palavras PESSOAS e EMPRESAS porque são elas as principais causadoras dos problemas futuros e é NESSA HORA que você precisa ter MUITA atenção.

Nessa primeira etapa, onde você escolhe qual o tipo de cadastro que você vai fazer, a descrição de cada tipo dá a entender que, se você optar por “INDIVIDUAL”, você está dizendo para a Apple que você é uma pessoa, portanto irá pagar 99 dólares/ano E SE você escolher fazer o seu cadastro como “Organization” está optando/será obrigado a pagar 199 dólares/ano… ERRADO!!!

Se você é uma que pretende publicar APLICATIVOS DESENVOLVIDOS POR VOCÊ, não pretende trabalhar com mais pessoas e tals, “INDIVIDUAL” é uma opção interessante para você.

Se você é uma pessoa que, MESMO TRABALHANDO SOZINHO HOJE, tem um CNPJ e num futuro próximo pretende colocar mais pessoas ou então não é um desenvolvedor e pretende contratar um FREELA para fazer seus apps, ESCOLHA “ORGANIZATION” POR CRISTO, SENHOR JESUS!!!

Explicando…

O Apple Developer Program é vinculado a sua Apple Account/Apple Id.. Se você é um usuário Apple, sabe como são as questões de segurança para realizar um simples LOGIN com a Apple…

Tendo isso em mente, se você OPTA pelo tipo de cadastro “Individual” mas vai trabalhar com mais pessoas, a desgraça esta feita! Toda vez que o desenvolvedor precisar fazer QUALQUER coisa no Console de Desenvolvedor da Apple, que precise de um privilégio maior, você precisará acessar e realizar o procedimento para ele, ou então dar seu usuário e senha para ele, configurar o Apple Id no device Apple dele se estiver com o two-factor authentication configurado (e isso agora é obrigatório), ou então ser incomodado, 2~3h da manhã com um SMS e o FREELA pedindo o token pra você, principalmente se você contrata uns gringo através do Workana (rs)…

Não que o Individual você não possa liberar acesso para o AppleId da pessoa, mas o caso é que tem certos processos que SOMENTE O PROPRIETÁRIO pode fazer e isso pode ser tornar um problema.

Mas você pode estar pensando: Não dá pra mudar depois?

DÁ, mas você vai ter que passar por um procedimentozinho interno que pode demorar de 10 a 45 dias úteis! Já migrei contas que depois de 90 dias as coisas ficaram corretas. Tudo na Apple varia de acordo com o vento, alinhamento dos planetas e por aí vai… Vai por mim, se tem como facilitar a sua vida, a hora é agora!

PORTANTO, eu só recomendo você optar por “Individual” em ÚLTIMO caso!

Registrando-se como “Organization”…

Pois bem, separei esse tipo de cadastro num tópico sozinho pois, para registrar-se como uma organização/empresa você precisa atender a alguns critérios:

  1. Possuir um tal de D-U-N-S® Number
  2. Situação legal regular
  3. Ter AUTORIDADE sobre a organização que está criando o novo registro
  4. Um site

Bom, bora lá dar mais uma bocada nesse elefante? Que MERDA é essa de “D-U-N-S® Number”? É tipo um CNPJ internacional reconhecido pela Apple, PONTO! Como consigo isso? SIMPLES, solicite seu cadastro aqui, você vai precisar preencher um formulário bem simples com os dados da empresa e pronto.

IMPORTANTE…

Se você não for sócio da empresa, peça para algum deles fazer esse processo logado com o Apple Id da pessoa, se preciso CRIE um!

A Apple faz uma espécie de “varredura” nos dados legais e seu cadastro pode ser revogado!

Se não há meios de um sócio fazer isso com o Apple Id dele, não tem problema, apenas saiba que a Apple vai entrar em contato, pedindo mais informações sobre a empresa, contrato social ou até uma PROCURAÇÃO ou documento COM FIRMA RECONHECIDA assinado onde conste que você tem autorização para realizar esse cadastro. Vamos evitar problemas né?

Se você faz tudo certinho, o “D-U-N-S® Number” sai em 24 horas ou até menos, já aconteceu comigo. Mas se houver suspeita, MISERICÓRDIA!

Certa vez eu fiz o cadastro da empresa de um cliente usando o meu Apple Id. Precisei mandar o contrato social, procuração e um monte de coisa POR FUCKING FAX para a Apple!

Vai por mim, essas dicas que estou dando são para aquecer o coraçãozinho de vocês nessa relação com a Apple, que pode ser MUITO turbulenta…

Retomando o raciocínio…

“Vencida” a etapa do “D-U-N-S® Number”, vai bastar você preencher o cadastro que vai aparecer quando você clicar em “Start Your Enrollment” desse link.

Antes de seguir para o preenchimento do cadastro, DICA RÁPIDA: Se seu nome ou nome da empresa possuir caracteres especiais de qualquer natureza (acentos, etc) NÃO UTILIZE! Isso pode dar dor de cabeça lá na frente com algumas plataformas de CI/CD (aqui virá MAIS um link para um artigo nesse blog, mas não hoje, rs).

Após login com seu Apple Id. Preencher o cadastro como “Individual” ou “Organization” (não esqueça do “D-U-N-S® Number”), você vai escolher que tipo de “membro” do clube você vai ser:

  • Apple Developer Program,
  • Apple Developer Enterprise Program,
  • MFi Program ou
  • iOS Developer University Program.

Cada um deles tem seus benefícios e preços. Eu vou focar apenas nos 2 principais, Developer e Enterprise.

Para ser bem simples e prático, o Apple Developer Program atende 99,99% dos casos. Seja “Individual” ou “Organization” e custa 99 dólares/ano.

Mas quando devo optar por outro programa? Se você tem um aplicativo cuja distribuição é EXCLUSIVAMENTE INTERNA, é recomendado que você opte pelo Apple Developer Enterprise Program. Mas o que eu quero dizer com “distribuição interna”? Em uma “Apple Store” Privativa, somente para funcionários, esse tipo de coisa.

Mas esse programa é mais caro? SIM, É! Mas se eu contratar o programa mais barato, não consigo publicar aplicativos “mais privados”? ATÉ consegue, mas se prepare!

A Apple possui um rigoroso, irracional e aleatório, processo de revisão de todos os aplicativos publicados na loja. Se os revisores ENCANAREM que seu aplicativo é de publicação privada, ele não será aprovado para ir para a loja e PONTO!

Um “by-pass” é possível, mas esteja ciente que tem um caminho duvidoso pela frente e que pode dar errado no final.

É importante frisar que essa restrição será aplicada SOMENTE para publicação de aplicativos através da Apple Store. Nada impede de você usar o Apple Business Manager. O problema aqui é que esse recurso é para empresas que COMPRAM dispositivos Apple para seus funcionários utilizarem. No Brasil sabemos que isso é muito raro. Os aplicativos precisam ser instalados em celulares de uso particular e o Apple Business Manager não é legal, pra dizer o mínimo.

Considerações finais…

Não temas! Apesar da Apple ser extremamente burocrática com seus processos. Na minha opinião, é mais um problema de entendimento dos processos e uma exageradamente complexa documentação de suporte!

É importante você ter em mente que a Apple tem uma relação de extremo cuidado com a proteção de seus consumidores. Isso é bom por um lado, mas também há certos exageros (alguns bem hipócritas, inclusive). Mas ela é a “dona da bola” então, façamos o possível para conviver com ela de forma amigável!

E se você não sabe, eu também tenho um canal no YouTube, que está retomando as atividades!

As próximas lives são:

[Ba]Lives [2020-001] – Xamarin.Forms +Fast +Productive, no dia 19/08/2020 às 22h, onde eu pretendo falar sobre como ser mais produtivo no desenvolvimento de aplicativos com Xamarin.Forms.

E no dia 26/08/2020, também 22h o tema será polêmico, [Ba]Lives [2020-002] – Hybrid Xamarin (a live proibida) te espero lá!

Um forte abraço e até a próxima conexão!